Procedimentos em implantologia


                        Fixação e protocolos em Implantologia:


Na actualidade estão disponíveis e são conhecidas uma grande diversidade de técnicas e protocolos que permitem reabilitar todo o tipo de casos de desdentações unitárias, parciais e totais.

Com a evolução e o sucesso da Implantologia , a utilização de implantes dentários para substituir dentes perdidos, tornou-se a melhor opção e a escolha de eleição da maioria das pessoas.

Este tipo de tratamento tem vindo a generalizar-se devido ao preço acessível e pessoas de todas as classes sociais tiram agora partido dos seus benefícios.




  Falta de um dente - Reabilitação com implante 

implantes de dentes
Implante dentário

Hipótese A - A pessoa tem falta de apenas um dente e reabilita com implante e coroa de cerâmica:




Coloca-se o pequeno cilindro de titânio no osso do maxilar através de uma vulgar cirurgia. É necessário aguardar osteointegração durante cerca de dois meses. Findo este tempo elabora-se a coroa de cerâmica .

O novo dente ou coroa de cerâmica fica aparafusado ou cimentado ao implante dentário. A cor e formato da coroa é escolhido de acordo com os dentes adjacentes de forma a parecer um dente natural.

 É o procedimento mais aconselhado e eficaz em medicina dentária para reabilitar a falta de um dente. Não é necessário intervir nos dentes adjacentes. É também o procedimento fixo mais económico em termos financeiros.






 Falta de um dente - Reabilitação com cerâmica

implantes de dentes
Ponte de cerâmica


Hipótese B- A pessoa tem falta de um dente e reabilita com coroas de cerâmica sobre dente:





Neste caso é necessário que os dentes adjacentes estejam em bom estado e com raízes sãs.  São desgastados em forma de coto.

 Sobre os cotos de dente encaixa uma ponte de cerâmica de coroas três elementos. A ponte de cerâmica é colada com adesivo adequado. A coroa de cerâmica central ou pôntico repousa sobre a gengiva e as coroas laterais ficam fixas a revestir os dentes naturais.  

A desvantagem é o facto de ser necessário desgastar dentes da pessoa. Estes dentes são geralmente submetidos a desvitalização ou endodontia para garantirem a longevidade do tratamento.



Falta de três dentes - Reabilitação ponte cerâmica três elementos

Implantes dentários

A pessoa tem falta de três dentes e pretende reabilitar em implantologia.

 Colocam-se dois implantes e uma ponte de cerâmica três elementos.

O elemento central da ponte de cerâmica ou pôntico fica apoiado na gengiva e os elementos laterais da ponte aparafusam aos "parafusos" de titânio. Com este procedimento é preenchida a falta de três dentes utilizando uma ponte de coroas de cerâmica três elementos e dois implantes de dentes na mandíbula.

A estética fica tão natural que a olho nu não se distinguem os naturais dos artificiais.

Quer saber o preço dos implantes dentários? Os nossos trabalhos são de elevada qualidade e o custo é mínimo.

Leia mais sobre o preço dos implantes dentários em Lisboa....



Carga imediata - Dentes no mesmo dia

implantes de dentes
Carga imediata

 A carga imediata ou dentes no mesmo dia é um procedimento que visa   repor    dentes com rapidez.

A carga imediata é também conhecida na gíria por  "dentes no mesmo dia". O paciente entra de manhã na clínica e sai no final do dia com todos os dentes fixos nos implantes dentários.

Nem todos os pacientes são candidatos a  com carga imediata ou dentes no mesmo dia. Cada caso é analisado minuciosamente através da radiografia dos maxilares pelo dentista e a decisão de fazer ou não carga imediata às vezes, ou dentes no mesmo dia é decidida, apenas na altura da cirurgia .

A carga imediata, ou dentes no próprio dia, é o procedimento em que se coloca o implante e uma prótese fixa provisória ou definitiva.

 O princípio da técnica é que este, unido pela prótese, permaneça imóvel durante o período de cicatrização do osso em redor. A quantidade e qualidade de osso deve ser excelente para receber a prótese imediata.

 Técnica de All-on-Four - Desdentados totais


implantes dentários
A técnica de all-on-four é especialmente aplicada a pacientes que pretendam substituir todos os dentes.

Esta técnica  é também indicada quando ainda restam alguns dentes naturais, embora em mau estado, e que precisam de ser extraídos.

Pessoas com dentes naturais sãos são aconselhadas a recorrer a outras técnicas.

A técnica de  all-on-four é uma excelente solução para que usa próteses removíveis ou denta-duras.

Com os implantes de dentes estrategicamente colocados no osso do maxilar ou mandíbula, as próteses ficam estáveis. Em alguns casos é necessário colocar seis implantes para aumentar o suporte da prótese.

Com esta técnica o problema da reabsorção óssea quase não se coloca e os implantes são colocados onde a densidade e quantidade de osso é maior.

 Pacientes que perderam dentes à muitos anos geralmente sofreram reabsorção de osso. Contudo, através da técnica de  all-on-four é possível reabilitar todo o maxilar com dentes. Este procedimento foi especialmente criado para pacientes edentulos ( sem dentes) e que apresentam alguma falta óssea nos maxilares.

 Leia mais sobre o all on four.

                           

Tipos de reabilitação - Múltiplas soluções



Reabilitação Unitária - O paciente tem falta de apenas um dente. O médico dentista coloca um implante unitário no osso e uma coroa de cerâmica. O objectivo é preencher a falta desse dente. A cerâmica é semelhante aos dentes naturais adjacentes de forma a criar harmonia e estética.

Reabilitação Múltipla - O paciente tem falta de dois ou mais dentes. O médico coloca dois implantes e após ósseo integração, dependendo do caso duas ou três cerâmicas. É possível criar uma ponte de três elementos em que as laterais estão aparafusadas a implantes e a central ou pôntico apoiada na gengiva.

Reabilitação Total - O paciente é edentulo. As próteses de implantologia podem ser híbridas ( metal - acrílicas) ou de cerâmica ( cerâmica pura ou zircónio ou metal cerâmica ). Depois da cirurgia a prótese com doze ou catorze dentes é aparafusada , fica fixa, estável e em equilíbrio com os restantes órgãos. 






Processo para a colocação de um implante dentário


Primeira Etapa

A consulta de diagnóstico e observação é gratuita

A consulta dentária no nosso centro de implantologia é totalmente gratuita. O paciente pode trazer uma radiografia que tenha em seu poder ou fazer um raio - x no nosso centro.

A radiografia tem um custo de 12,50 € a 20,00 €. Após análise do exame é possível determinar se existe osso disponível para a colocação do implante dentário. Quando se estudam ou planeiam implantação de dentes é fundamental pensar e imaginar a estética final e a função.

Segunda Etapa

 Cirurgia em consultório e com anestesia local

Trata-se de uma simples cirurgia realizada em condições estéreis. O implante é enterrado no osso e fica coberto pela gengiva.

Durante dois meses ficará imóvel aguardando ósseo integração. Dentro de algum tempo  será uma parte permanente do maxilar.

Terceira Etapa

Pilar de cicatrização

Embora este procedimento possa ser feito com o passo dois, o ideal é aguardar o processo de ósseo integração.

O pilar de cicatrização assemelha-se a um pequeno parafuso e ajuda a moldar a gengiva. Geralmente é colocado durante uma semana. Enrosca-se no "cilindro de titânio" e a gengiva adquire o formato desejado. É a chamada "exposição de implantes dentários".

Quarta Etapa 

Molde

 O médico dentista tira o molde da boca do paciente para enviar para laboratório para confecção do novo dente.

O "molde da boca do paciente" é uma mistura de gesso e água que depois de secar servirá de modelo em laboratório de prótese dentária para a confecção dos novos dentes artificiais.

Este molde é feito com moldeiras de acrílico e a técnica é a chamada de moldeira aberta.

Em simultâneo com a técnica de implantologia imaginamos a funcionalidade do novo dente.

 Na maioria dos casos fica semelhante a um dente natural.