Avançar para o conteúdo principal

Materiais

Implantes de titânio


A necessidade de substituir dentes e outros membros em seres humanos originou a procura de soluções por parte de especialistas com o objectivo de restituir qualidade de vida. Materiais biocompatíveis como o titânio continuam a ser alvo de investigação e desenvolvimento. É o material mais utilizado e o material de eleição na composição de implantes dentários.
Construídos de metal, são pequenos cilindros que se fixam cirurgicamente na mandíbula ou maxilar com o objectivo de substituir uma raiz perdida e servir de suporte a um dente artificial.
Actualmente são cada vez mais solicitados nos nossos centros de Implantologia como alternativa para a perda de dentes.

Características do titânio :

Metal leve e resistente de cor branca e metálica. Encontra-se no estado sólido à temperatura ambiente. É extraído de minerais.

Propriedades químicas:


Não é oxidável. Resistente à corrosão. No estado puro é um metal fácil de trabalhar. É tão resistente como o aço mas muito mais leve.

Novos materiais: 


Estudos efectuados na Europa, nos Estados Unidos da América e em Portugal permitiram avanços significativos nesta área nos últimos dez anos. Cada vez mais surgem novos modelos de implantes, minuciosamente estudados pelas marcas produtoras,  permitindo a sua colocação mesmo quando a disponibilidade óssea é mínima .
Surgem implantes com novas superfícies de titânio oxidadas e com design optimizado que aceleram cada vez mais o processo de integração. São também uma motivação extra para pacientes que têm falta de um dente central porque permitem uma maior estabilidade primária e carga imediata.
Além do design cada vez mais evoluído surgem conexões pilar-implante que permitem obter melhores resultados. 


Prótese fixa



Coroa de zircónio


A coroa de zircónio é um material branco brilhante e muito resistente à corrosão. É mais leve que o aço com uma dureza similar ao cobre. É um metal bastante tolerado pelos tecidos humanos, por isso utiliza-se para produzir articulações artificiais. O zircónio encontra-se na natureza composto por diversos minerais. Não é um metal livre. A principal fonte de zircónio é o mineral denominado de zircão. Este mineral está presente em rochas.
As coroas de zircónio são as únicas que apresentam uma propriedade física chamada de dureza que se transforma.
Este material tem tido uma evolução notável e permite obter reabilitações cada vez mais estéticas, duradoiras e resistentes.

Indicações:


É indicado para produzir cerâmicas unitárias posteriores e pontes de três elementos
Devido à  qualidade e propriedade do zircónio é possível apresentar trabalhos  com qualidade a longo prazo. As cerâmicas de zircónio oferecem uma excelente estética e precisão.

Coroa de cerâmica



Cerâmica pura








Vantagens:


A principal vantagem das coroas de cerâmica é a excelente estética devido à ausência de margem de metal. A coroa de cerâmica ou ponte , integra-se de uma forma harmoniosa com os dentes adjacentes.A cor é adaptada e não se consegue distinguir a diferença. A gengiva cresce naturalmente até ao dente. É totalmente bio compatível sem reacções alérgicas.

Coroa metal cerâmica



Coroa cerâmica









As coroas  metal cerâmicas são feitas de metal no seu interior e revestidas a cerâmica. O metal barra a passagem da luz e são mais opacas que as cerâmicas puras. As coroas metal cerâmicas são também mais resistentes que as zircónio ou cerâmica pura.

Indicações:


São aconselhadas devido à sua grande resistência em molares ou em dentes cuja estética seja secundária.


Propriedades mecânicas:



O aspecto mais importante no projecto da prótese é a resistência; trata-se de uma propriedade mecânica do material  que garante que a prótese dentária seja capaz de desempenhar a função para a qual foi desenhada de forma adequada, segura e por um período aceitável de tempo.

A resistência é a capacidade que o dispositivo protético tem  de resistir às tensões induzidas sem que fracture ou deforme. 
Esta deformação pode acontecer quando o limite elástico é excedido na prótese.

Para que isso não aconteça estudam-se as propriedades mecânicas, a resistência ao impacto, à fadiga, à flexão dos materiais utilizados no fabrico do dispositivo médico denominado de prótese, seja esta acrílica, cerâmica ou metal cerâmica e ainda as híbridas.  

Mensagens populares deste blogue

Carga imediata - Dentes no mesmo dia

O que são implantes dentários com carga imediata (dentes no mesmo dia)?



A carga imediata ou dentes no mesmo dia  é uma técnica recente e que veio ao encontro e desejo de muitos pacientes que ansiavam sair da clínica com dentes após cirurgia. O maior anseio para os pacientes que se submetem a este tipo de tratamento é  sentir os novos dentes artificiais. 
Devido ao estudo exaustivo sobre a implantologia, suas técnicas e protocolos, foi possível evoluir um pouco mais nestas matérias e inventou-se o protocolo de carga imediata ou dentes no mesmo dia.
 Esta técnica permite aos candidatos a este tratamento resultados de funcionalidade um pouco mais rápidos.
Em que consiste a carga imediata ou dentes no mesmo dia?
Trata-se da inserção do parafuso de titânio na gengiva. Sobre o parafuso coloca-se uma coroa provisória que não deverá exercer uma força directa sobre este .
Refere-se muito esta nova técnica  nos meios de comunicação social com o objectivo de vender este tratamento ou angariar pac…

Quanto tempo duram os implantes?

O implante dentário é uma excelente solução para o problema da falta de dentes. Restitui a forma e a função do dente perdido. Os implantes dentários contribuem para uma melhoria da saúde oral, aumentam a auto estima e a confiança. Os problemas psicológicos causados pela perda de dentes desaparecem.
Existem  outros dispositivos para preencher a falta de dentes tal como as dentaduras. As dentaduras são aparelhos removíveis que se colocam na boca, no maxilar superior ou mandíbula e cujo objectivo principal é ajudar na mastigação e preencher a falta de dentes. Porém, e por serem móveis, causam desconforto ao falar e mastigar. Não se comparam aos implantes dentários que por serem soluções fixas transmitem outra segurança e conforto a quem os usa. Para além do conforto e segurança podem usar-se a longo prazo. Os implantes de dentes podem usar-se durante muitos e muitos anos.



A resposta a esta pergunta é a de que os implantes dentários podem durar uma vida. Mas...apenas se as pessoas fizere…