Avançar para o conteúdo principal

Inovação Medicina Dentária






Formação na Medicina Dentária



A Implantologia requer um grande investimento em equipamento, material e principalmente na formação do profissional de saúde. Este deve manter-se informado sobre a evolução das técnicas disponíveis. Se conseguir fazer muito bem o que gosta essa é uma grande vantagem.

Não basta, após conclusão do curso de medicina dentária fazer um curso ou dois de especialização. O profissional habilitado a utilizar implantes deve estar sujeito a uma formação mais extensa. A experiência obtida com um grande número de casos com sucesso é fundamental para a utilização dos zigomáticos por exemplo.
 A implantologia é uma área exigente e o profissional de saúde deve estar preparado para a executar com arte e sabedoria. A preparação é permanente e sujeita a actualizações constantes. A experiência obtida com a prática clínica  é muito importante.


Tratamentos menos invasivos


As intervenções cirúrgicas já podem ser realizadas de forma segura sob anestesia local. É possível complementar a anestesia local com técnicas de sedação consciente. Estas técnicas e anestesias tornam a cirurgia confortável para o paciente, assim como, minimizam qualquer tipo de desconforto.
O tempo da cirurgia é geralmente de quinze minutos, no entanto, o trabalho do profissional de saúde não começa nessa altura. O profissional planeia o caso com estudo prévio escolhendo o local e o tamanho do implante dentário.

A imagiologia

 

A radiologia desde à alguns anos passou a chamar-se de imagiologia devido às diferentes técnicas de tratamento das imagens.
As novas técnicas como a cirurgia guiada permitem aplicar o tratamento com facilidade. É possível programar a cirurgia e o local. A implantologia simplifica-se, torna-se previsível e muito mais rápida.
Com as radiografias panorâmicas é possível planear o tratamento dentário, verificar a quantidade e qualidade de osso disponível para um tratamento fixo.

Nova geração de materiais 


Com as novas tecnologias e o aparecimento de implantes dentários associados a tecnologia de ponta, torna-se possível obter dentes funcionais de imediato.
A implantologia actual está sempre em constante inovação e mudança. As empresas produtoras de estes materiais  procuram estar sempre "à frente" e periodicamente são apresentadas novidades para tornar os tratamentos dentários cada vez mais eficazes e funcionais. Cada marca ou fabricante tenta apresentar características próprias para se distinguir da concorrência.















Mensagens populares deste blogue

Carga imediata - Dentes no mesmo dia

O que são implantes dentários com carga imediata (dentes no mesmo dia)?



A carga imediata ou dentes no mesmo dia  é uma técnica recente e que veio ao encontro e desejo de muitos pacientes que ansiavam sair da clínica com dentes após cirurgia. O maior anseio para os pacientes que se submetem a este tipo de tratamento é  sentir os novos dentes artificiais. 
Devido ao estudo exaustivo sobre a implantologia, suas técnicas e protocolos, foi possível evoluir um pouco mais nestas matérias e inventou-se o protocolo de carga imediata ou dentes no mesmo dia.
 Esta técnica permite aos candidatos a este tratamento resultados de funcionalidade um pouco mais rápidos.
Em que consiste a carga imediata ou dentes no mesmo dia?
Trata-se da inserção do parafuso de titânio na gengiva. Sobre o parafuso coloca-se uma coroa provisória que não deverá exercer uma força directa sobre este .
Refere-se muito esta nova técnica  nos meios de comunicação social com o objectivo de vender este tratamento ou angariar pac…

Quanto tempo duram os implantes?

O implante dentário é uma excelente solução para o problema da falta de dentes. Restitui a forma e a função do dente perdido. Os implantes dentários contribuem para uma melhoria da saúde oral, aumentam a auto estima e a confiança. Os problemas psicológicos causados pela perda de dentes desaparecem.
Existem  outros dispositivos para preencher a falta de dentes tal como as dentaduras. As dentaduras são aparelhos removíveis que se colocam na boca, no maxilar superior ou mandíbula e cujo objectivo principal é ajudar na mastigação e preencher a falta de dentes. Porém, e por serem móveis, causam desconforto ao falar e mastigar. Não se comparam aos implantes dentários que por serem soluções fixas transmitem outra segurança e conforto a quem os usa. Para além do conforto e segurança podem usar-se a longo prazo. Os implantes de dentes podem usar-se durante muitos e muitos anos.



A resposta a esta pergunta é a de que os implantes dentários podem durar uma vida. Mas...apenas se as pessoas fizere…