Dicas para cuidar do seu tratamento

  1. A higiene. O ideal é que as escovagens sejam frequentes ao longo do dia. 
    cuidar dos implantes
    Higiene dos implantes
  2. Sabemos que nem sempre é possível devido à vida profissional activa. Porém escovar os dentes e os  implantes dentários pelo menos a seguir às refeições é de extrema importância.
  3. Tipo de escova. Aconselhamos vivamente escovas macias. As escovas devem ser trocadas com frequência ou no mínimo cada três meses.
  4. Pasta. As pastas de dentes com flúor são as mais aconselhadas.
  5. Tipos de utensílios adequados para a higiene da boca. Escovas do tipo unitufo semelhantes a pequenos pincéis, são óptimas para evitar que se acumule placa bacteriana. Actuam entre o dente ou implante e a gengiva por serem de dimensões reduzidas. Conseguem entrar em espaços pequenos e de difícil acesso.
  6. Fio dental. O uso de fio ou fita dental é de extrema importância e são imprescindíveis. Os movimentos de vai e vem ajudam a retirar restos de comida alojados junto à gengiva e ao implante.
  7. Máquina de jacto de água. Este aparelho pode ser adquirido na farmácia e tem uma grande durabilidade. É imprescindível para higienizar protocolos de all on four. Os jactos de água eliminam possíveis restos de comida que se alojam entre a prótese fixa e a gengiva.
  8. Colutórios. Vendem-se na farmácia e são elixires à base de clorohexidina que ajudam a retirar a placa bacteriana ou o tártaro. O seu uso deve ser moderado e de acordo com as instruções do folheto informativo que acompanha geralmente o produto. Se utilizar em excesso pode provocar manchas.
  9. Evite fumar ou tomar bebidas alcoólicas em exagero.
  10. Tenha uma alimentação saudável e rica em cálcio e vitaminas.
  11. Visite o dentista periodicamente para controlo do seu implante dentário.
A manutenção dos implantes dentários é fundamental para assegurar a longevidade do tratamento. Se fizer uma boa higiene oral, visitar o dentista regularmente, em principio o tratamento dentário pode durar uma vida.