Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2012

Gravidez

A grávida está sujeita a alterações hormonais. Essas alterações das hormonas reflectem se em todo o organismo. É comum nas grávidas a gengivite gravídica que predispõe a inflamação, o sangrar das gengivas e o aparecimento de cáries.

 O ideal é a mulher que pensa engravidar planear o tratamento dos seus dentes antes. Porém, os tratamentos dentários não estão contra-indicados na gravidez. Existem anestesias especiais para grávidas. Estes tratamentos dentários podem ser feitos no segundo trimestre de gravidez.
 Relativo a implantes de dentes o ideal é planear esse tratamento antes ou depois da gravidez uma vez que não é um tratamento urgente.

Osteoporose

A osteoporose caracteriza-se pela alteração, diminuição da resistência e a diminuição da densidade óssea. É uma doença sistémica que atinge os ossos, o esqueleto. A estrutura dos ossos perde qualidade e a doença pode provocar fracturas espontâneas.

 O sucesso de um implante dentário depende em parte da quantidade de osso disponível para uma correcta ósseo integração. Pacientes com osteoporose colocam frequentemente  implantes dentários com sucesso.
Desde que exista osso em quantidade e qualidade disponível no maxilar,o processo de regeneração óssea acontece da mesma forma que um candidato sem a doença.

Vários estudos conhecidos  incidem sobre esta matéria: não foi possível provar  uma relação directa entre o insucesso de um implante dentário e a osteoporose.

Diabetes

A diabetes é uma doença crónica em franco crescimento em todo o mundo.

 A característica da diabetes é o aumento dos níveis de açucar no sangue ( a glicose).
Se for tratada e controlada a pessoa pode fazer uma vida normal e autónoma.

No tratamento com implantologia o principal problema é a cicatrização. Nos nossos centros de Implantologia em Lisboa e Setúbal a cirurgia de implantes é um tratamento vulgar devido à nossa experiência e especialização. Pacientes com doenças sistemicas como a diabetes são acompanhados com especial atenção. Solicitamos exames prévios para avaliar a saúde em geral.
A opinião e autorização do médico responsável é considerada. Em alguns casos é necessário medicação prévia e após a cirurgia. O controlo é mais rigoroso e frequente.

Pacientes com diabetes podem fazer o tratamento dentário com segurança desde que a doença esteja controlada.